Postagens

Incerteza e tempo

É inverno porque diz o calendário. Não há vento agitando pipas coloridas pelo céu azul. Da janela, tudo que vejo é cinza, não por chuva, não por névoa. Não é aquele belo acinzentado de uma manhã de dezembro, nem o azul fresco de uma tarde de julho. É uma cor que não conheço, nunca tinha visto, em um dia aleatório, de um mês qualquer. Não é assim que tem sido, um amontoado de dias que mais parecem os mesmos? Acordar tarde, passar as horas, dormir fora de hora, quem se importa? É mais fácil para continuar agora, seguir o ciclo, mesmo sabendo que os maus hábitos estão me prendendo cada vez mais. É inevitável pensar, mas ao menos ainda durmo.
Não sei mais fazer café. Meus bolos têm solado. Estou assistindo os mesmos filmes, ouvindo as mesmas músicas e gritando por dentro para que alguém me tire daqui, mesmo sabendo que eu não poderia sair. Não assim, não desse jeito, não agora. Ainda falta tempo, não sei quanto, nunca fui bom em matemática e pelo menos isso ainda continua.
Sempre fui irritan…

Carência e solidão

Silêncio e distância

Quem sou eu agora